Considerando os desígnios estratégicos do Município de Guimarães, bem como as atividades desenvolvidas pelo Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes – CLAIM, e assumida a importância de se apoiar de forma efetiva e em proximidade, a 24 de abril de 2017 foi submetida uma candidatura ao abrigo do Programa Nacional de Fundo Asilo Migração e Integração (FAMI), no âmbito do quadro Financeiro Plurianual (QFP) 2014/2020, OE2 – Integração e Migração Legal, com o número de projeto PT/2017/FAMI/230, para a conceção e implementação em Guimarães de um Plano Municipal para a Integração de Migrantes – 2018/2020.

O Plano Municipal para a Integração de Migrantes, prevê a construção de um canal de divulgação e aproximação entre os cidadãos de países terceiros e a comunidade acolhedora – Guimarães, o “Portal do Migrante”, assim nasceu o portal do migrante, que pretende ser um canal de divulgação e aproximação entre os cidadãos migrantes de países terceiros (NPT’s – Nacionais de Países Terceiros) e a comunidade acolhedora (Guimarães).

Destina-se à população migrante, à comunidade vimaranense, instituições e seus técnicos, dirigentes e decisores políticos.

Bem-vindos a Guimarães!!!